RAC-06
 

RAC 06 – Prevenção de Riscos em Espaço Confinado

 

Sinopse do curso: O curso é composto por dois treinamentos que abordam conteúdos e aprofundam práticas sobre operações e procedimentos em espaços confinados para reconhecimento, análise e percepção de risco associado a esta atividade, bem como inspeção e utilização de equipamentos de proteção individual (EPIs), equipamentos de proteção coletiva (EPCs) e aplicação de procedimentos de primeiros socorros específicos, quando necessário. Estes treinamentos são pré-requisitos para iniciar atividades exercidas em espaços confinados em qualquer área da Empresa. Este curso deve atender aos requisitos legais aplicáveis à unidade.


Objetivos de aprendizagem: Ao final da capacitação, o profissional deverá:
     • Compreender conceitos e identificar responsabilidades da equipe;
     • Compreender os benefícios individuais e coletivos da prevenção de acidentes            ocorridos em espaço confinado;
     • Compreender as formas de comunicação entre a equipe em espaço confinado;
     • Reconhecer e controlar os riscos e as medidas de controle associados às                    atividades realizadas em espaço confinado;
     • Desenvolver a percepção do risco em atividades realizadas em espaço                      confinado;
     • Compreender a importância da inspeção e utilização dos equipamentos de                proteção individual (EPIs) e equipamentos de proteção coletiva (EPCs);
     • Executar atividades considerando procedimentos e práticas específicos de                segurança em espaço confinado;
     • Aplicar os conceitos, requisitos e procedimentos de segurança referentes ao              trabalho em espaço confinado;
     • Aperfeiçoar as práticas de segurança dos profissionais em atividades                        realizadas em espaço confinado.


Público-alvo: Profissionais responsáveis pela autorização de entrada nos espaços confinados, ou seja, espaços que não são projetados para ocupação humana contínua, com meios limitados de entrada e saída, com ventilação insuficiente para remover contaminantes ou com existência de deficiência/enriquecimento de oxigênio.


Conteúdo programático
     • Definições, reconhecimento, avaliações, monitoramento e controle de riscos
     • Deveres e responsabilidades de vigias, trabalhadores e supervisores
     • Medidas de controle
          1- Riscos físicos
          2- Riscos químicos
          3- Riscos biológicos
          4- Riscos ergonômicos
          5- Riscos de acidentes
     • Monitoramento com aparelhos detectores
     • Identificação dos espaços confinados
     • Formas de comunicação entre a equipe, vigias e grupo de resgate
     • Conceitos e práticas sobre equipamentos de segurança
          1- Tipos de equipamento de segurança: EPI e EPC
          2- Funcionamento de equipamentos de segurança
          3- Inspeção dos equipamentos e itens de segurança
     • Critérios de indicação e uso de equipamentos para controle de riscos
     • Operação de equipamentos utilizados
     • Procedimentos e utilização da permissão de entrada e trabalho em espaços              confinados
     • Técnicas de resgate e primeiros socorros específicos em espaço confinado:
          1- Proteção respiratória
          2- Uso de equipamentos para movimentação de vítima do interior de espaço                confinado com uso de prancha móvel e simulador de BV de tanque na                      horizontal e vertical
          3- Prática de proteção respiratória com uso de EPR purificador de ar,                          autônomo e de ar mandado
          4- Prática de utilização do trava queda resgatador
          5- Prática de RCPC – Ressuscitação Cardiopulmonar-Cerebral – com uso de                  manequim simulador, ambulância, colar cervical e transporte de vítima em                prancha apropriada
          6- Procedimentos práticos de simulação para retirada de vítimas


Solução educacional: Treinamento teórico-prático realizado em salas de treinamento, com foco no desenvolvimento da percepção de riscos, nas práticas de saúde e segurança e na prevenção de acidentes por meio da apresentação de conceitos, procedimentos e equipamentos utilizados em atividades realizadas em espaços confinados. As estratégias para apresentação do conteúdo devem ser desenvolvidas por meio: da exposição de casos de risco para análise e avaliação dos empregados; do manuseio de equipamentos de proteção e equipamentos de operação; da análise de fotos, ilustrações e vídeos, apontando acertos e erros de conduta segura relacionados às atividades realizadas em espaço confinado; da realização de exercícios de fixação. O fechamento do treinamento deve ocorrer com a realização de uma avaliação de aprendizagem.


Documentação do curso
     • Plano de aula
     • Folha de frequência
     • Material didático do instrutor
     • Material didático do aluno
     • Certificado de conclusão
     • Avaliação de reação
     • Avaliação de aprendizagem


Metodologia de avaliação: Aplicação de uma prova composta por 20 questões objetivas sobre os temas abordados, com critério de aprovação equiEmpresante ou superior a 80% de aproveitamento para avaliar o treinamento teórico-prático. As questões devem ser elaboradas considerando níveis de complexidade que permitam compor avaliações de acordo com diferentes critérios de dificuldade bem como formatos que permitam avaliar conteúdos, práticas e percepção de risco, utilizando recursos como imagens, esquemas e cases para avaliação de conduta.
O empregado será aprovado no curso se apresentar aproveitamento igual ou superior a 80% na avaliação aplicada.

 

OBSERVAÇÃO: A CETREQ reserva-se ao direito de não realizar o curso caso o mesmo não apresente o número mínimo de alunos.